Importação de peças – Priority vs. Express

Importação de peças – Priority vs. Express

21/11/2011 08:18 2 comments

Priority vs. Express

Sempre usem Priority Mail, para mim ainda o melhor serviço para encomendas internacionais. A minha última encomenda, braço pitman, braço auxiliar e kit de parafusos de caster e camber, feita no site RockAuto, está desde o dia 09/11/11 aguardando a emissão da Nota de Tarifação Simplificada (NTS). Eu nunca tinha esperando tanto tempo por uma encomenda. Mas  nada a reclamar do site em que fiz a compra. Eles oferecem uma variedade enorme de peças e a um excelente preço, o único problema é que só enviam pelo Express Mail. Até então não tinha usado e me surpreendeu a velocidade que chegou até o Brasil.

Chegando no Brasil é que o problema começou. Já incomodado com a demora comecei a pesquisar o que poderia estar acontecendo que justificaria isso. Na Wikipedia encontrei um artigo que trouxe essa resposta:

“Centro de Tratamento do Correio Internacional (CTCI) é uma repartição dos Correios do Brasil que centraliza a correspondência proveniente do exterior.

Exitem três CTCI no Brasil:

Pelas regras atuais (julho de 2011), toda compra expressa (via EMS) deverá ir para o CTCI de São Paulo. Compras não expressas, como o Priority Mail Norte Americano, acima de 1Kg, devem ir para o CTCI do Rio de Janeiro, e abaixo disso, para Curitiba, mas a regra não vale para todas as compras.

Nestes centros é que os produtos são analisados, tanto pelos Correios como pela Receita Federal. Caso sejam produtos controlados pelo Exército, como, por exemplo, armas de pressão, serão enviados ao Exército para que seja então providenciado o desembaraço naquele órgão. Caso sejam produtos quimicos, podem ser enviados para a Anvisa para análise se a importação de tais produtos poderia ter sido realizada.

A tributação simplificada de 60%, válida para compras de pessoas físicas em que o valor do produto + frete for inferior a 50 dólares americanos pode ser aplicada nestes centros pela Receita Federal. Nem todas as compras são tributadas contudo algumas vezes são tributadas inclusive mercadorias com valores inferiores a US$50,00. O senso comum considera que o processo de tributação de tais encomendas seria mais custoso que o valor arrecadado, mas de fato a Receita Federal não confirma tal informação.

Nestes 3 centros é que são aplicados os limites de peso e tamanho dos produtos. Por exemplo, se a encomenda tiver mais do que 35Kg será retida e devolvida a origem por passar os limites aceitáveis pelos Correios brasileiros.”

Até então 100% das minhas peças haviam sido enviadas pelo Prioriy Mail e chegam no Rio de Janeiro, como o artigo da Wiki descreve. Como esse veio de Express, bateu direto em São Paulo, e lá parece ser mais lento mesmo. Alguém já viveu essa situação?

Seguimos conversando.

Abraços.

André Monc