Mais livros técnicos

Mais livros técnicos

17/01/2013 23:59 2 comments

IMG_1186

Mais livros técnicos

Bom pessoal, algumas notícias ruins. O Dart está parado, uma das buchas do tirante estourou e o carro puxa muito para a esquerda quando freia, pois atrasa bastante a roda. Já pedi a bucha na Summit e deve chegar na próxima semana. Vou publicar uma postagem mostrando o conserto e finalizando o alinhamento do carro. Mas antes disso, chegaram mais três livros para a minha biblioteca de mecânica.

Como tenho pensando muito em Webers, dois dos três livros são sobre o assunto. Um deles foi escrito em 1992 por John Passini e publicado pela  MRP SpeedSport. O outro, de Pat Braden, foi publicado pela famosa HP Book e tem muitas fotos do passo-a-passo para desmontar e montar vários tipos de carburador Weber. Além disso, conta o histórico da marca e explica a confusa nomenclatura utilizada por Edoardo, o fundador da marca. Gostei mais do livro do Pat, por ser mais moderno e mais fácil de ler, sem contar uma grande quantidade de fotos!

IMG_1188

IMG_1189

O terceiro deles, e talvez o que eu tenha mais interesse atualmente, é sobre airflow, ou fluxo de ar em motores de combustão interna. Repleto de fórmulas matemáticas, o livro mergulha na ciência da dinâmica dos fluídos, partindo do princípio que o motor nada mais é que uma bomba de ar que gera força mecânica. Portanto a quantidade e a qualidade de ar (mistura ar+combustível) que é capaz de passar pelo motor é que determina o resultado final. A profundidade do mergulho depende do grau de conhecimento e experiência que você tenha, mas é básico o suficiente para um iniciante e leigo nesse tipo de ciência, como eu. Foi escrito por Harold Bettes em 2010 e publicado pela HP Book.

IMG_1190

Seguimos conversando.

Monc

  • Leandro

    Fala Monk, sou novo no seu Blog e igualmente entusiasta de tudo que tenha motor, principalmente V8, hehehehe.
    Desculpe a ignorância, mas porque não Injeção Eletrônica?

    • Fala ae Leandro! Seja bem vindo, esse espaço é justamente para podermos conversar sobre esse tipo de assunto!!

      Bom, o lance da injeção e Weber tem mais a ver com o desejo do que com a técnica. Teoricamente poderia gastar praticamente o mesmo, com mais facilidade de acerto e outras facilidades. Mas, eu não consigo ver o Dart com injeção eletrônica acho meio fora do conceito dele. Tenho outras ideias na cabeça, para outros carros, que podem encarar uma IE.

      Grande abraço.

      Monc