1967 Service Manual

Capa

 1967 Service Manual

Como algumas coisas acontecem de forma curiosa. Depois que recebi o Manual de Serviço da linha Dart, Coronet e Charger de 1969, apareceu também um manual completo de vários carburadores da Holley. Nos dois casos a receptividade dos leitores e seguidores do MundoMonc.com foi incrível. Já estava pensando em onde procurar o próximo manual para publicar no blog, ou se ficaria só esperando mais uma oferta. Mas não precisei de nenhuma dessas duas opções. Ontem resolvi dar uma organizada nas minhas pastas virtuais quando me deparei com alguns manuais muito legais! Entre eles escolhi postar o 1967 Service Manual, também da linha Dart, Coronet e Charger. Três manuais muito bons apareceram de maneiras repentinas e diferentes, em situações sem nenhuma ligação com a outra. Eis a curiosidade de como certas coisas acontecem.

Dei uma olhada superficial no material, já que a minha intenção não era estudá-lo a fundo, mas sim coletar algumas informações básicas para apresentá-lo a você. Todas as páginas tem uma referência ao site: MyMopar.com. Visitei o site e fiquei impressionado com a quantidade de material que tem. Só de manual ou catálogos tem dezenas de arquivos para baixar. Mais do que recomendado para Moparianos. A exemplo do publicado em 1969, este está completo e conta com muitas informações extremamente detalhadas. Sem contar as milhares de imagens ilustrativas, facilitando o entendimento do passo-a-passo descrito. São 840 ao todo abrangendo todos os aspectos dos três veículos. Como todo bom manual, começa apresentando as características gerais e de identificação.

intro intro 2

Em seguida o manual mostra os detalhes de desmontagem e montagem da manutenção e lubrificação; suspensão dianteira; eixo traseiro; freios, inclusive o dianteiro à disco; embreagem; arrefecimento e elétrica. Para representar esse bloco duas páginas da parte da suspensão dianteira, tema mais presente aqui no blog.

Susp 1 Susp 2

Seguindo o manual entra em nos procedimentos de motor. Esse manual traz todo conteúdo sobre os seis cilindros (117 – 225 cu.in.), os v8 de bloco pequeno (273 – 318 cu. in.), os v8 de bloco grande (383 – 440 cu. in.) e o Hemi (426 cu. in.). Outra parte que é muito interessante é a do sistema de alimentação, que aborda os carburadores: BBS, que equipa os motores 117; Holley, que equipa os motores 225; Stromberg, equipa o 318 e o 383, dependendo do modelo e é muito semelhante fisicamente com os DFV, ;  BBD, que equipa os motores 273 e o 383, dependendo do modelo; e o quadrijet AFB, que equipa os motores 383, 440 e 426 Hemi. Apenas uma pequena pincelada frente a enorme quantidade de informações e procedimentos.

Motor 1 Motor 2

Infelizmente tive que selecionar as páginas para a apresentação, porque a vontade é colocar tudo aqui. Mas ficam essas para degustação.

 Para fazer o dowload clique aqui.

Mais um material de qualidade para pesquisa sobre Mopar. Aproveite a visita e coloque seu e-mail na barra localizada na lateral esquerda da janela,  em seguida clique no botão “Assinar”, assim você passa a receber as atualizações do blog. O Mundo Monc também está no Facebook, curta a fan page pelo link: facebook.com/mundomonc.

Seguimos conversando.

Monc

Manual de Serviço Carburadores Holley

holley

Manual de Serviço Carburadores Holley

Estimado mopariano,

Fui agraciado com mais um material que pode ser muito útil para os gearheads moparianos. Meu amigo Antônio Priore, que participa do Fórum Museu do Dodge, compartilhou o Manual de Serviço da Holley. Contém informações dos modelos: 2300C, 2300G, 4150C, 4150G, 4150MG, 4160C e 4160 mecânico.

O manual começa fazendo apresentações gerais dos modelos, tanto bijet (modelos 2300 C e G) quanto os quadrijet (modelos 4150 e 4160). Mostra todas as peças, funcionamento, apresenta diversas imagens ilustrativas, além de explicar tudo bem detalhadamente.

Manual de Serviço Holley. mundomonc.com Manual de Serviço Holley. mundomonc.com

A segunda metade do manual se dedica a mostrar o passo-a-passo da desmontagem e montagem dos modelos apresentados. Além disso mostra como devem ser feitos os primeiros ajuste, ainda no processo de montagem e, por fim, os ajustes necessários depois do carburador estar instalado no carro.

Manual de Serviço Holley. mundomonc.com Manual de Serviço Holley. mundomonc.com

 Para fazer o dowload clique aqui.

É isso amigos! Muito obrigado ao Antonio por compartilhar mais uma fonte de estudos e pesquisas para nós.

Seguimos conversando.

Monc

 

Manual de Serviço Americano de 1969

capa manual americano1

Manual de Serviço Americano de 1969

Infelizmente o Projeto Azeitona deu uma breve pausa, tive algumas dificuldades na remoção das buchas das balanças superiores. Mas adiantei uma boa parte da montagem final. Nos últimos dias pintei as caixas de rodas dianteiras e instalei: as duas buchas de borracha da balança inferior, as duas bandejas inferiores e os tirante no agregado, as mangas de eixo, as duas barras de torção (dica: marque a posição e o lado das barras para não trocá-las), os rolamentos de roda novos, os batentes da bandeja inferior e os discos de freio. Tudo está torqueado de acordo com o Manual de Serviço da Chrysler do Brasil. Falta somente instalar as juntas esféricas superiores e as buchas de poligrafite, também superiores, e por o braço de controle superior no carro. Ufa…. É este o status do Projeto Azeitona. Certamente saíra do estaleiro nesse final de semana.

Um amigo no mundo Mopar, Frederico Baggio, me deu uma cópia em PDF do Manual de Serviço do Charger, Dart e Coronet de 1969. Gostei muito do material! É uma reprodução oficial da Chrysler e está completo. Apesar das diferenças entre o Mopar brasileiro e o americano, acho que pode ser mais uma excelente fonte de pesquisa para os gear heads moparianos. Obrigado Frederico!

Para fazer o download, clique na imagem abaixo:

1969 Service Manual

Por enquanto é isso galera! Espero que gostem do material.

Seguimos conversando,

Monc

Livros técnicos

Aprendendo com os melhores

Para abrir o mês de abril, vou postar toda minha coleção de livros técnicos, todos importados diretamente dos EUA com muitas informações valiosas e repletos de fotos. Acho que parte da forma como o MundoMonc está estruturado tem a ver com esse tipo de leitura. Acabei incorporando o estilo “do it your self“, muito difundindo na terra dos V8 e pouco aproveitado aqui no Brasil. Mas para “fazer por si só”, é necessário algum guia, algo que direcione e indique as melhores práticas e dicas, ainda mais para os poucos experientes. A maiorias dos meus livros garante que seguindo os passos indicados, mesmos os rookies, conseguem finalizar um bom trabalho. Por isso que recorro a esse tipo de fonte, mesmo porque foram escritos por pessoas que já fizeram dezenas, senão centenas, de vezes o mesmo serviço. Fica aí a dica.

A Biblioteca

Como todo bom auto-entusiasta, as questões de motor e preparação foram minhas pesquisas e estudos iniciais, o que durou alguns anos. Acreditava que um bom e forte motor já era o suficiente e por isso minhas primeiras compras foram livros sobre os small block da Mopar. Comprei dois sobre reconstrução e um com temática voltada para preparação. Depois de algum tempo achei um específico sobre como colocar grandes deslocamentos nos blocos pequenos.

DON TAYLOR e LARRT HOFER. How to Rebuild Small-Block Mopar Engines – New York: HPBooks, 1982.

WILLIAM BURT. How to Rebuild  the Small-Block Mopar – North Branch: S-A Design, 2007.

LARRY SHEPARD. How to Hot Rod Small-Block Mopar Engines – New York: HPBooks, 2003.

JIM SZILAGYI. How to Build Big-Inch Mopar Small Blocks – North Branch: S-A Design, 2005.

Buscando mais conhecimento, resolvi comprar alguns livros mais genéricos sobre mecânica e construção de motores. Acho importante contar um pequeno detalhe. Dos quatro livros já sitados, dois deles tem um capítulo dedicado exclusivamente à “blueprinting”. De cara esse termo me chamou atenção e lendo com mais cuidado, os autores comentam sobre a importância de fazer essa etapa na montagem de qualquer motor de performance, e eu acrescentaria, qualquer montagem de motor. Então encontrei alguns livros dedicados ao tema e acabei escolhendo um, mas claro que futuramente, comprarei os outros. Os outros genéricos que já tenho são: um de matemática automotiva, que é um arquivo das mais importantes fórmulas e cálculos que envolvem a construção de motores; e, outro, sobre a utilização de supercharger. .

RICK VOEGELIN. The Step-by-Step to Engine Blueprinting – North Branch: S-A Design, 2005.

JOHN LAWLOR. Auto Math Handbook – New York: HPBooks, 1992.

CORKY BELL. Supercharged! – Cambridge: Bentley Publishers, 2001.

Quando me surgiu a necessidade de aprender sobre suspensão comecei a procurar livros semelhantes que tratassem do assunto. Logo descobri que não seria uma tarefa tão simples. Não existe muita literatura sobre o tema. Durante as buscas, me deparei com um livro que me chamou atenção. Foi no site da Amazon que encontrei um primeiro candidato à compra  . Mas com o preço variando de US$ 89,00 à US$ 110,00, aproximadamente, não tinha coragem de comprar, já que pagava US$ 15,00 em média nos livros. Aí que parece que a lei da atração realmente funciona. Sem muita saída, decidi pagar os quase cem dólares em um livro usado. Já no check out, pouco antes de colocar os números do cartão de crédito, decidi dar uma última olhada no E-Bay. Fiquei pasmo e feliz da vida ao encontrar um exemplar em boas condições ao custo de US$ 19,00, se não me falhe a memória. Na hora sai do site da Amazon e fechei negócio com um vendedor de bíblias no site de leilões americano! Só alegria. Pouco tempo depois achei um outro que me interessou. A começar pelo autor, um tal de Carroll Shelby, acho que vocês sabem quem é o figura, dispensa apresentações. Esse foi mais fácil de comprar e ainda tem alguns exemplares a venda no E-Bay. Esses dois são meus xodós, já que são livros antigos e fora de circulação. Mal saem de casa!

MIKE MARTIN. Mopar Suspensions – California: S-A Design, 1984.

DIRECT CONNECTION. Mopar Chassis Carroll Shelby´s Speed Secrets – Chrysler Corporation, 1984.

A postagem ficou um pouco longa, mas espero que gostem das dicas. Pelo custo e facilidade, acho que vale muito a pena todos os “cabeça-de-engrenagem” construírem sua biblioteca particular. Uma eterna fonte de pesquisa! Lembrem-se de que os livros não pagam imposto para entrar no país e pedir e ser feliz.

Seguimos conversando.

André Monc

Leia também as postagens: Livros Americanos e  Ajuda gringa de primeira qualidade.

Trilha sonora: ELP e Gentle Giant, progressividade da pesada.